A+ A A-

Chegou o Quinta de Cidrô Pinot Noir tinto 2010

Quinta de Cidro Pinot NoirA Real Companhia Velha acaba de lançar o vinho Quinta de Cidrô Pinot Noir tinto 2010. A Quinta de Cidrô transformou-se num modelo de experimentação vitivinícola para toda a região. Numa terra virgem foi usada tecnologia de ponta para plantar as melhores castas, ao longo de uma área que excede os 150 hectares de vinha. A casta Pinot Noir foi um verdadeiro desafio para o terroir duriense.

Para obter um ‘Quinta de Cidrô Pinot Noir’ é feita uma selecção de uvas de forma a colher as melhores de entre os diferentes níveis de maturação e produção. Parte das uvas foram desengaçadas manualmente e durante a fermentação foi utilizado o método manual de “baixar a manta” de forma a conseguir uma extração suave. Após todo o processo de vinificação, o vinho passou pelo estágio durante um ano em barricas de carvalho francês, sendo 30% madeira nova.

“No copo, o ‘Quinta de Cidrô Pinot Noir’ revela toda a sua intensidade e potencial com notas típicas de cereja, groselha e romã, harmoniosamente integradas com nuances de baunilha e café, proveniente do estágio em madeira. Um final de boca longo e frutado, que se aperfeiçoa após umas horas de decantação” refere a Real Companhia Velha. O vinho tem um PVP recomendado de 15€.

A Real Companhia Velha é a mais antiga empresa de vinhos de Portugal, com quase 260 anos de existência e de atividade interrupta ao serviço do vinho do Porto. Com 540 hectares de vinha, distribuídos pelas Quintas das Carvalhas, Aciprestes, Casal da Granja, Síbio e, claro está, Cidrô, a Real Companhia Velha exporta 65% da sua produção.

Login or Register

LOG IN