Login
Atualizado a 24 Apr, 2019

Erva com novidades na carta de inverno

Cristas de  Galo
 
Localizado em Lisboa, na Avenida Columbano Bordalo Pinheiro, o restaurante Erva apresenta agora novidades nas cartas de restaurante e bar.
 
Nos snacks, destaque para as Cristas de galo, cujo nome se inspira num doce tradicional de Viana do castelo e onde se usou um estufado de galo Capão IGP, sendo acompanhadas com gema cozinhada a baixa temperatura e com flor de sal trufado. Pode-se também optar pela versão do Erva do Choco de Setúbal, temperado com vinagrete de citrinos e óleo picante e pela Tartelette de lebre e maçã Bravo de Esmolfe fermentada, onde a equipa usou uma base de coelho à caçador para estufar a lebre.
 
O Dashi de polvo seco, com ovo biológico escalfado, cogumelos, espargos brancos e bolacha de parmesão estreia as entradas, seguido da Lula com caldo de caldeirada que simboliza um dia de pesca, em que o almoço começa com uma caldeirada e no final da tarde junta-se massa fresca de limão ao caldo criando assim a Sopa Rica de Lisboa.
 
Nos peixes, o Pregado caramelizado é acompanhado de abóbora e nage de mexilhão, para se sentir no paladar o “mergulho no mar”. A Corvina dourada surge com uma açorda de ovas com duas texturas (ovas cozidas na açorda e em bottarga) e um caldo de bivalves.
 
Quanto às carnes, manteve-se o prato mais pedido do Erva, a Pá de cordeiro com puré aligot, e introduziu-se o Porco de raça Alentejana, com puré de bolota e raízes. A caça é representada pela Perdiz, abóbora, cogumelos King Oyster e óleo de salsa.
 
 Erva Perdiz Abóbora King Oyster
 
Nos pratos vegetarianos, surgem duas novas opções: Beringela gratinada com molho Karashi  e Cuscuz de trigo barbela com legumes assados no carvão e cogumelos.

Por fim, as sobremesas, como a tradicional Queijo e abóbora, a Chocolate, amendoim e caramelo e a sazonal Batata doce, maçã e gengibre, entre outras.
 
O Erva é um restaurante de cozinha portuguesa contemporânea que tem como objetivo principal valorizar a cultura regional, o produtor local e a memória afetiva dos sabores nacionais. A ideia do menu, servido de Quarta-feira a Domingo, é justamente valorizar os ingredientes que se encontram no seu auge.
 
Erva Cocktail Tea Time

Entre as novidades nos cocktails estão o Hot Beer Thyme (Cerveja quente, rum Santa Teresa, mel, xarope orgeat, tomilho, manteiga, folhas de chá e bitter de cardamomo); o Good Old Days (Bushmills Red Bush infundido com cascas de abacaxi, compota de morango, Luxardo, bitter caseiro
de cogumelos e soda de chá oolong Sakura), o Tea Time (Chá verde, xarope de romã, lima, hortelã e soda), o Wine Not (Vinho tinto, especiarias, vermute caseiro de cogumelos, maple syrup e bitter de chocolate - servido quente) e o Green Temptation (Gin Tanqueray Ten infundido com maçã verde e cardamomo, chá matcha, xarope de romã, hortelã, sumo de limão, bitter de melaços, caldo e ar de peixe).