Login

Sala de Corte reabre com nova morada no Cais do Sodré


Sala de Corte Rabada


A Sala de Corte reabriu no Cais do Sodré, no número 7 da Praça D. Luís I. O novo local abre com 66 lugares, distribuídos por mesas quadradas e redondas. Existem ainda lugares ao balcão, bancada para quem gosta de acompanhar a ação gastronómica de perto.

O crescimento do espaço físico permitiu a reformulação na carta, que conta agora com algumas novidades. Passa a haver T-bone, um “naco” em forma de T que inclui o osso, a separar lombo e vazia, maturada ao longo de 15 dias e a Rabada Minhota Galega, que inclui maminha, picanha, alcatra e pojadouro, servidos a peso em que o cliente é convidado a olhar para a câmara de maturação e escolher a peça que deseja pesar e comer. O Chuletón passa a ser galego, com uma maturação de 30 dias.

Luis Gaspar

 

As entradas recebem o Folhado de queijo de cabra e ainda o Ovo a 64º, uma abordagem mais contemporânea dos ovos com farinheira, que Luís Gaspar traz da Casa Lisboa, ali perto, no Terreiro do Paço.

Nos acompanhamentos, entra o Arroz de feijão, chouriço de cebola e farofa de mandioca e, nos molhos, um condimentado Molho de pimentas. Nas sobremesas passa a haver Ananás dos Açores na brasa, idêntico ao da Casa Lisboa mas acompanhado com gelado de carvão vegetal; Mousse de chocolate, sabayon de whisky e avelã, e o Falso crumble de caramelo.

O restaurante passa a aceitar reservas para o almoço e também para o jantar, através do site. Para quem prefere optar por planos mais espontâneos, há snacks que acompanham na perfeição os cocktails da casa, como o Wonton com queijo da Serra da Estrela, o Rissol de presunto Pata Negra, o Taco de rosbife à portuguesa com maionese de alheira, a Focaccia de enchidos, os  Croquetes da Sala de Corte, e ainda uma Tábua de presunto Pata Negra.

 

Sala de Corte

O espaço é um aumento do imaginário da primeira vida do projecto, que mantém as referências que o caracterizavam: os candeeiros de cobre, os sofás ao longo da parede, as mesas de pedra e as tábuas de madeira em que a carne é servida.

A garrafeira cresceu, e as câmaras de maturação evoluíram tecnicamente e em dimensão. As brasas onde é terminado o processo de intensificação de cada corte, iniciado na maturação, continuam a ser as estrelas da cozinha.

 

CARTA

SNACKS

SOBREMESAS