Login

Pratos quentes para dias frios no Infame

Cruella de Veal
 
O restaurante do 1908 Lisboa Hotel, no Largo do Intendente, em Lisboa, tem uma nova carta em que as estrelas são os prato quentes. Segundo o chef Nuno Bandeira de Lima, autor das criações, as principais influências que chegam à nova carta vêm do Japão, Coreia e Vietnam.

Nas entradas destacam-se as ‘She sells, Sea shells’ – amêijoas, miso, sake e alga wakame – e o ‘I-Bobun’ (caldo miso, tofu, ovo, noodles, shimeji e pak choi) um prato vegetariano. Na secção dedicada ao mar, o ‘Guelra e Paz’ é a grande novidade, um prato de bacalhau com choquinhos, camarão, batata, cebolinha e pimentos.
 
Já dos pratos de carne, o chef distingue: as ‘Hot Cheeks’ – bochechas de vitela que acompanham com gratin de cherovia, chalotas, ceboleto grelhado, agrião e crocante de salsify; ‘Ham Solo’, um lombinho de porco, pezinhos, migas de enchidos e pipoca de porco; ‘Bunny I’m Home’ – coelho recheado de castanhas, puré de ervilhas e menta, shimeji e crumble de cogumelos; e, para partilhar, o chef sugere ‘Cruella de Veal’, uma costeleta com 800 gramas, dry-aged, gema confitada, aioli e legumes assados.
 
Nas sobremesas, o ‘Copo Almirante’ é glúten free e chega à mesa num copo com tapioca de frutos vermelhos, espuma de coco e lima e granola. Destaque ainda para as ‘Babás’, com calda de whiskey, diospiros fumados com citrinos, creme de pasteleiro com nata e laranja e amêndoas tostada.
 
O Infame passará a servir dois pratos tipicamente Portugueses, disponíveis no menu de almoço, em dias fixos da semana. A quinta-feira é agora o dia do Bacalhau à Brás e à sexta passa também a estar disponível o Cozido à Portuguesa. Os menus de almoço custam 12,50€ e incluem o prato do dia - à quinta-feira o bacalhau à brás e à sexta-feira o cozido à portuguesa – uma bebida, sobremesa e café.
 
O ‘Brunch Infame’ traz também novidades: por 2,50€ pode agora acrescentar a qualquer uma das suas versões, ‘original’ ou ‘veggie’ , uma Mimosa (sumo de laranja e espumante bruto) ou um Kir Royal (creme de cassis com espumante bruto), dois cocktails para harmonizar com o brunch, desenvolvidos pelos bartenders do 1908.
 
Situado no centro de Lisboa, no revitalizado Largo do Intendente nº 6, o Hotel 1908 Lisboa é novo ponto de paragem. Na esquina da Almirante Reis com o Largo do Intendente encontra-se agora um hotel com 36 quartos, o restaurante Infame e ainda o bar 1908, os três novos protagonistas daquele que foi Prémio Valmor.